71#

Tal como o pássaros tu podes voar, és livre para partir sempre que quiseres, tal como és livre de voltar sempre que assim  que necessitares.
" Ninguém é de ninguém mesmo quando se ama alguém ", e tu  nunca foste meu, não aguentastes a pressão  que é o amor, a responsabilidade que é amar alguém. Quiseste ir embora. Acho que o medo tomou conta de ti, pelo menos é assim que eu  quero pensar ... Tomou conta do que estava ao nosso favor, tomou conta do que um dia podíamos ser e ter, mesmo o quanto era difícil estarmos um para o outro. Se tivermos que ser vais ser mesmo que seja noutra vida, embora eu saiba que a minha vida acaba nesta temporada, mas eras tu, era eu  eramos( somos nos)... talvez é cedo, ou tarde, fomos fracos ? Vamos ter que ir ao sabor do vento ou até esse é contra nós ...

Comentários

  1. Tal como os pássaros tu podes voar, és livre para partir sempre que quiseres, apesar de não o querereres! Tal como és livre de voltar sempre que assim necessitares, visto que nunca vais embora, também não o necessitas de fazer.
    "Ninguém é de ninguém, mesmo quando se ama alguém." correcto, somos um!
    Testaste até acreditares que era amor, e agora sim tens a responsabilidade, assim como eu de nos amarmos. Fingiste que ias embora, só para teres a certeza, mas o medo foi-se embora, e restou a certeza por entre todas as dúvidas e da ansiedade do dia seguinte.
    Alguém tomou e toma conta de nós, tudo está a nosso favor, o mundo na palma das nossas mãos. "Se tiveres qe ser vais ser mesmo", e somos, agora é o nosso tempo, o nosso momento, nesta, assim como fomos e seremos em todas as outras vidas pelas quais já passamos, e outras tantas pelas quais vamos passar!
    E agora sabes, que a vida acabou de começar, um começo para a nossa história, um brilho como nunca antes visto, e és tu, e sou eu, e somos nós!
    Talvez seja cedo mas a nossa história não é segura, é completamente maluca, impulsiva, cheia de inseguranças e incertezas por ser algo novo, diferente de tudo o resto, um pulo para fora da zona de conforto, para que possamos criar o nosso conforto, a nossa paz, o nosso lar, que é o mundo, bem perto do mar. Fortes fomos, fortes somos, fortes seremos, contra tudo e todos, contra e a favor do vento, ás vezes dando dois passos para trás para podermos dar dois para a frente!
    Aqui vamos nós mundo, unidos, sem que nenhum poste nos separe, e que nenhum obstáculo seja maior que nós, e se for crescemos mais que esse obstáculo até o conseguirmos ultrapassar.
    Aqui começa a linda história do Gui e da Nini <3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

72#

79#