68#

Na verdade tu saías do meu controlo mexias até os poros mais pequenos da minha pele, houve momentos que me declarei em teus braços e houve momentos que nos declaramos e nos beijamos  em cada olhar . Tu ficas-te em tudo que era memórias, até nos detalhes mais pequenos irei manter esses detalhes para sempre guardados . Mas tu fugiste para longe de cada abraço,  para longe da magia que nos mantinha juntos. Eu poderia ter agido de maneira diferente e te ter deixado mas  com algo meu. Mas tu feriste algo quando mudaste e levaste tudo que poderia existir entre nós (tudo e todas as coisas ) . Eu também te deixei ir ...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

72#

79#