43#




Vieste tu com os teus lábios de mel, com os teus beijos de cortar a respiração, com esses olhos cor de azeitona, e sem dar por ela já eram os ciumes, já era a vontade de estar contigo, de te sentir, de te ter ao meu lado, já eram as horas contadas, os minutos e o segundos que nunca mais passavam ,e tudo passava lento menos quando estava contigo, ao teu lado o tempo era minúsculo, e passava a voar. Quando dei por mim o que sentia por ti não  era mera amizade, ou curiosidade, já era o coração a bater como cavalo, as pernas a tremer, "as borboletas" na barriga, era um ler de mensagens porque não estavas on, era ouvir o recados deixados no "whatsapp" só para te ouvir, ver as tuas fotos no facebook só para te ver sem poder estar contigo, era adormecer amarrada ao teu casaco para não perder o teu cheiro como se tivesses ao meu lado sem dar por ela tu eras importante, mais do que pudesses imaginar, e realmente não imaginavas pois eu fazia de tudo para não te mostrar pois não queria estar presa a uma coisa que podia não dar nada , mas cá estou eu ao teu lado , e não podia ser de outra maneira, não sei se realmente amanha ainda aqui vamos estar mas ja que estamos e enquanto estamos bem, e vamos indo e vendo a onde todas a borboletas, ciumes, -incertezas, pernas a tremer vão dar a algum lado.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

56#

55#

63#