24#

Por causa de ti desgraçado do amor, que não sei ter confiança em ninguém por causa dos medos que tu me deste, és o culpado destas merdas, tu  que me fodeste a vida e a cabeça, cometo erros que agora deixaram de ser erros ou tão graves quanto eu dizia ser, e incriminava quem os fizesse, mas posso estar a por erros onde não existem.
 Pois porque nem ele acha que sejam erros, mas eu noutra hora achava um erro, mas agora acho que é uma maneira de me proteger,acho de uma maneira que   não pareça um erro, preciso de conseguir tirar da cabeça da alma o que me fizeste, tudo que faço é uma maneira de não me magoar, mas por vezes penso que posso lhe magoar ao me defender, mas também sempre disse que primeiro eu depois os outros,mas o facto de saber que posso o perder deixa-me o coração pequeno, acho que tu estas a fazer com que o meu coração comece a recuperar e um dia todos os quase erros já não os vou cometer, para já pelo o passado pelos os erro que tu estupor do amor me fizeste vou indo atacar para me defender ..

Comentários

Mensagens populares deste blogue

56#

45#

55#